quarta-feira, 11 de março de 2009

Como funciona o fogão por indução magnética?

O fogão por indução magnética relatado neste blog nada mais é do que a aplicação para cozinha de um princípio há muito tempo conhecido. Existe ali uma bobina que é excitada em uma frequencia específica. O campo eletromagnetico oscilando nesta frequencua é capaz de gerar correntes induzidas em qualquer objeto de metal que seja colocado próximo a ele (veja a interessante discussão nos comentários sobre o fato de ser qualquer metal). É o mesmo princípio de funcionamento das antenas. Estas correntes induzidas vão circular nos objetos e causar aquecimento pelo efeito Joule, que é o mesmo efeito que faz o chuveiro elétrico funcionar, assim como o fogão elétrico, a sanduicheira elétrica, etc. Porém, nestes últimos, a corrente que circula provém diretamente da tomada. No fogão de indução, não há nenhum contato direto entre a fonte geradora de eletricidade e o objeto que está sendo aquecido. Este mesmo princípio é utilizado nos aquecedores indutivos de peças, muito utilizados pelos mecânicos em serviçoes de manutenção, quando se deseja causar a dilatação de uma determinada peça. Esta então é aquecida com este objetivo.

O funcionamento desta forma é muito mais seguro, evitando o risco de choques elétricos e o mais curioso é que a superfície do fogão não se aquece, apenas a panela. Esta é a "mágica" do eletromagnetismo.

Confira os modelos disponíveis hoje no mercado


29 comentários:

Anônimo disse...

Uma observação, não serve qualquer METAL !! somente ferro ou ligas que o contenha.

Anônimo disse...

òtima observação!

llan2011 disse...

é... alumínio não esquenta

Anônimo disse...

Mu-metal atraves de uma cmplexa complementação induz a qualquer objeto, porem de forma bem mais relevante

Casa na Árvore - Tree House disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Tenho uma dúvida de ignorante. Criar um chuveiro utilizando a indução seria mais eficiente do ponto de vista de consumo de energia?

Marcelo Britto disse...

Caro anonimo,

A possibilidade de usar a indução para esquentar água não me parece muito eficiente. Imagino que teria que se ter uma chapa de metal que fosse aquecida por indução e que essa chapa esquentaria a água que passasse por ela. Pois bem, o aquecimento dos metais por indução se dá pela passagem da corrente induzida. Em um chuveiro normal, a corrente passa diretamente na resistência, que se aquece pelo efeito Joule. No caso do suposto chuveiro por indução, essa corrente iria excitar uma bobina, que por sua vez iria induzir uma corrente na chapa de metal. Neste processo há perdas de energia para magnetização e nem todo o campo magnético irá induzir corrente na chapa, o que diminui a eficiência deste modelo em comparação com uma resistência, como é o chuveiro tradicional.

Professor Dudu disse...

Caros Amigos. Me desculpe...
Discordo científicamente com todas as observações relatadas anteriormente. Afirmo que, SERVE para TODOS e quaisquer METAIS, desde que seje METAL, independe se for ferroso ou não. Esse principio utiliza-se do principio das Correntes de FOUCAULT, EDDIE, ou parazitas , que são induzidas no metal, como o metal funciona como um condutor eletrico em curto circuito, aparecerá uma imensa corrente que ao circular na massa desse metal gerando calor através do efeito JOULE, portanto, afirmo que esse fenôneno é víavel a TODO METAL.
Professor Eduardo Luiz Ferreira Silva-Fisica/Instrumentação Industrial.(027) 30815173

Professor Dudu disse...

Caros Amigos. Me desculpe...
Discordo científicamente com todas as observações relatadas anteriormente. Afirmo que, SERVE para TODOS e quaisquer METAIS, desde que seje METAL, independe se for ferroso ou não. Esse principio utiliza-se do principio das Correntes de FOUCAULT, EDDIE, ou parazitas , que são induzidas no metal, como o metal funciona como um condutor eletrico em curto circuito, aparecerá uma imensa corrente que ao circular na massa desse metal gerando calor através do efeito JOULE, portanto, afirmo que esse fenôneno é víavel a TODO METAL.
Professor Eduardo Luiz Ferreira Silva-Fisica/Instrumentação Industrial.(027) 30815173 , e a propósito!
Aluminio esquenta sim!, por exemplo, o disco de aluminio do contador de energia eletrica da concessionaria, funciona por esse principio, ou seja é induzida uma corrente na sua superficie , as correntes induzidas geram um forte campo magnético que se contrapõe ao campo magnetico das bobinas de tensão e corrente ao que está submetido, nesse caso criando um campo de desequilibrio, fazendo-o girar, por isso que o disco é todo perfurado , para limitar essas correntes de Focault, limitando-a e evitando esse aquecimento indesejado... qualquer duvida disponha .Abraços Professor Eduardo Luiz

Professor Dudu disse...

Caros Amigos. Me desculpe...
Discordo científicamente com todas as observações relatadas anteriormente. Afirmo que, SERVE para TODOS e quaisquer METAIS, desde que seje METAL, independe se for ferroso ou não. Esse principio utiliza-se do principio das Correntes de FOUCAULT, EDDIE, ou parazitas , que são induzidas no metal, como o metal funciona como um condutor eletrico em curto circuito, aparecerá uma imensa corrente que ao circular na massa desse metal gerando calor através do efeito JOULE, portanto, afirmo que esse fenôneno é víavel a TODO METAL.
Professor Eduardo Luiz Ferreira Silva-Fisica/Instrumentação Industrial.(027) 30815173 , e a propósito!
Aluminio esquenta sim!, por exemplo, o disco de aluminio do contador de energia eletrica da concessionaria, funciona por esse principio, ou seja é induzida uma corrente na sua superficie , as correntes induzidas geram um forte campo magnético que se contrapõe ao campo magnetico das bobinas de tensão e corrente ao que está submetido, nesse caso criando um campo de desequilibrio, fazendo-o girar, por isso que o disco é todo perfurado , para limitar essas correntes de Focault, limitando-a e evitando esse aquecimento indesejado... qualquer duvida disponha .Abraços Professor Eduardo Luiz

Anônimo disse...

Tenho um fogao por induçâo q infelizmente nao funciona com panelas de aluminio, apenas panelas de ferro ou aço inox.
A dificuldade é com a panela de pressao he he he

Professor Dudu disse...

Caro aônimo.
Boa tarde.
No seu caso específico, o fenômeno não é acentuado por seguinte motivo:
- Para se ter efetivamente a geração de calor necessária por efeito das correntes de Focault, o fundo da sua panela e/ou recipinte, terá que ter uma espessura condizente para gerar o calor exigido ao volume que se queira esquentar.Observe que panelas , cafeteiras, tachos, que são usados nesse fogoes indutivos, têm um fundo mais pesado e geralmente é feito de cobre revestido do material do recipiente, podendo ser inox, aluminio, ferro entre outros metais, no seu caso(aluminio) o calor gerado pela panela(c0mum) de aluminio , não é suficiente para o efeito se manifestar a contento., ou seja esses recipientes não são feitos especialmente para usar no fogão de indução .essa panelas e ou recipéntes são semelhantes ás panelas comum, mas se diferem no peso, devido ao fundo ser mais espesso. qualque dúvida estou a sua disposição. Abraços...
Eduardo Luiz
OBSERVAÇÃO:
Caso queira provar, pegue uma base de cobre(2cm x 6cm x 6 cm), ou proximos disso, coloque sua vasilha de aluminio( ou vidro pirex), depois vovce me conta...!
abraços....Eduardo Luiz

Anônimo disse...

Professor Dudu, é o Professor Dudu.

Obrigado pelas informações e ajuda.

Marcelo Britto disse...

Prezados, obrigado pelas observações. Bom saber que tenho leitores tão atentos.

Anônimo disse...

Concordo com o Professor Dudu quanto ao principio de funcionamento para indução de correntes parasitas, porem vale ressaltar que o referido fogão realmente nao aquece qualquer panela metálica e sim somente as ferromagnéticas, não por incompatibilidade daqueles metais e sim que, por motivos de segurança, foi inserido nas bobinas desses fogões, um interruptor magnético(micro switch) que na ausência de corpo ferroso, nao "fecha" o circuito e a bobina nem chega a ligar. Experimentem colocar algum material ferromagnético por baixo da panela de aluminio comum e ela se aquecera.

Larissa disse...

Olá, encontrei seu blog por pesquisar se devo ou não comprar um fogão por indução. Produzo sabonetes artesanais e gostaria de saber se esse tipo de fogão é compatível com panelas esmaltadas, pois somente estas podem ser utilizadas para este fim. O modelo a que me refiro é o Fogão Elétrico Por Indução da Probon http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-183784628-fogo-eletrico-por-induco-1-boca-probon-cooktop-_JM

Obrigada.

Anônimo disse...

Meus caros amigos e professores de fisica, acho que estão enganados em relação ao fogão por indução pois o mesmo só irá funcionar corretamente utilizando panelas de ferro ou de aço inox 430 pois contem carbono onde o magnetismo é conduzido. Atenciosamente

Marcello Gada

Anônimo disse...

Professor de fisica burro, sabe poha nenhuma, so funciona com metais magneticos, o aluminio nao funciona pois nao tem como induzir tensao nem corrente nele pelo fato do campo magnetico nao afetar o aluminio, somente metais magneticos, como o funcionamento de um motor eletrico, onde induz uma corrente nas placas internas do motor, q por sua vez gera um campo contrario q o faz girar por causa de sua baixa resistencia a corrente é infinita.

Rodrigo disse...

Boa noite professor.
Estou fazendo um estudo tenho certeza que o Sr. pode me ajudar;
como posso comparar a eficiência energética de aquecimento por indução e um por resistências elétricas? através de cálculos consigo com a Lei de Ohms, mas do electromagnetismo estou me matando á uns 8 meses...

Anônimo disse...

Burro é o ultimo anônimo que postou aí, existem motores elétricos com rotor de alumínio, que responde à oscilação do campo magnético das bobinas do estator. Você mesmo pode fazer o teste em casa, com um transformador com núcle aberto e um anel de alumínio e ver que o anel sofre repulsão quando passa corrente alternada pelo transformador. Só alguém que nunca esteve em um lab de física para fazer tais afirmações...

Marcos

Wilson disse...

Tenho um fogão elétrico por indução Eletrolux (1 boca). Uma dica fácil que me deram é: A panela tem que ser imantada. Basta testar o fundo da panela com um imã de geladeira. Se ele ficar grudado no fundo da panela, OK. Pra mim, foi o que funcionou.

Adriano disse...

A indução até funciona com os metais citados,o problema eh que a maioria dos fabricantes utilizam um sensor que só eh acionado com panelas que tenham algum tipo de liga ferritica.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se desligando o sensor as panelas não magnéticas passam a funcionar, tambem se esta ação provoca alguma chance de danificar o operador ou o aparelhO.

Anônimo disse...

A briga é feia, mas pelo que li aqui, terei que comprar novas panelas, e com relação ao consumo de energia? será que vou ter problemas com contas absurdas?
Poster muito bom, obrigados a todos.

Edson Wander disse...

Não sou expert no assunto, li todas observações e todas bem fundamentadas, mas eu tenho uma outra visão do aquecimento por indução, que seria a mistura dos dois métodos: indutivo e joule, casou alguém queira discutir o assunto entre em contato:wandervgaarrobagmail.com

Edson Wander disse...

Não sou expert no assunto, li todas observações e todas bem fundamentadas, mas eu tenho uma outra visão do aquecimento por indução, que seria a mistura dos dois métodos: indutivo e joule, casou alguém queira discutir o assunto entre em contato:wandervgaarrobagmail.com

Anônimo disse...

Pensem bem no que dizem, muitas vezes acertam mais calados.

Anônimo disse...

Quando criança na escola, ao ouvirmos mais os professores, criamos capacidade de entender até os erros que deixam escapar.
Isso nos faz lembrar que foi nos dado 2 ouvidos e uma só boca, justamente pra ouvir mais e falar menos. Principalmente quando não temos total domínio do referido assunto.
Att,L.M.S.

José Carlos Fabricio Santos disse...

É o mesmo esquema do forno microondas?

Isso tem algum perigo para quem está próximo?

Altera alguma propriedade dos alimentos?

Submarino 2