segunda-feira, 21 de julho de 2008

Invenções brasileiras - Escorredor de arroz

Mais uma invenção brasileira que muita gente nem imagina de onde veio nem quem inventou. A Dona Therezinha é essa aí da foto:



Quem diria que seu escorredor de arroz ganharia espaço no mercado e facilitaria a vida de tantas pessoas? E ainda traria uma fonte de renda?

ESCORREDOR DE ARROZ
Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich - 1959
Muitas vezes a gente pensa que coisas simples do dia-a-dia surgiram há muito tempo, quem sabe na Antiguidade ou até na Pré-História... Não é o caso da bacia conjugada a uma peneira que a gente usa para lavar o arroz: a criação, 100% brasileira, é da dona-de-casa Beatriz de Andrade, que vendeu os direitos do aparelho para um fabricante de brinquedos.

O invento fez o maior sucesso na Feira de Utilidades Domésticas de 1962. Como Beatriz recebia entre 2,5% e 10% das vendas, o escorredor deu uma bela força a seu orçamento familiar.

Fontes: Mundo Estranho, foto: Link



3 comentários:

Antonio e seus inventos disse...

Ola, Marcelo Britto: Parabens pelo blogs, o qual levanta a importância da inovação tecnològica em nosso País com base nas invenções. Possuo um site de invenções, se for interessante, peço mostrar. http://sites.google.com/site/antonioinventor/

OLDAIR COSTA disse...

Músico mineiro mostra como fazer capas de CDs de embalagens descartadas
por Alexandre Spatuzza — última modificação Oct 09, 2010 08:28 AM
Catalogado sob:Reciclagem upcycling
Em tempos de concorrência em todos os campos, não basta ter talento, é necessário se reinventar. E foi isso que o músico mineiro Oldair Costa, de Poté, Minas Gerais, fez ao aliar seus conhecimentos de artes com ações positivas para com o meio ambiente.

As capas dos seus CDs, todas criadas à mão pelo próprio artista, são feitas com materiais reaproveitados. Por isso, cada uma delas é única. O papelão, ele recolhe nas ruas. O cartão de visitas de Costa também é ecologicamente correto: cada um deles traz três sementes de pau Brasil.

O músico independente - ou dependente de patrocínio, como ele mesmo diz - comercializa seus CDs por meio do seu site. Lá também há um vídeo onde ele mostra suas técnicas plásticas. Vale a pena conferir. www.oldaircosta.com

Nunna Quaresma disse...

Olha obrigada viu, esse post me ajudou em um trabalho faculdade!! :) muito obrigada :)

Submarino 2